ATENÇÃO: TEMPLATE EM REFORMA!!!
.

5 de nov de 2010

Unhas saudáveis!!!

Olá meninas, mais uma vez apareço aqui no Cores da Praia, e agora para falar de algo que muitas de nós gostamos e queremos sempre: Unhas lindas e saudáveis!



A unha saudável é rosada, forte, sem manchas e tem crescimento normal – em média, 0,03 milímetros por mês. Imperfeições na coloração, na espessura e no formato da unha podem ser consequências do contato com agentes externos, sobretudo produtos químicos, mas também podem indicar doenças sistêmicas – aquelas que afetam vários órgãos do corpo, como fígado, coração, rins, pulmão e a glândula tireoide.
ESMALTES – Dosar o uso de esmaltes, sobretudo os escuros, facilita a análise das unhas no dia a dia. “Quem retira o esmalte e aplica outro em seguida não tem tempo de observar bem o aspecto que está por baixo da coloração”, alerta Vasconcelos.
Deficiências alimentares são as principais responsáveis pelo enfraquecimento das unhas. “Muitas doenças que se refletem nas unhas estão ligadas ao sistema nutricional”, afirma a nutróloga Daniela Jobst, do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional “Fortalecer o organismo é importante e, por isso, devemos ingerir regularmente fontes de enxofre, como o alho; zinco, presente no açafrão e no gengibre; ômega 3, disponível no salmão e na linhaça; além de castanhas e cereais integrais”, recomenda a especialista.

Conheça alguns dos problemas mais comuns:


Manchas esbranquiçadas:
Anemia, carência de zinco e proteínas, dermatites de contato (alergias a esmaltes, sabões, detergentes...), psoríase, micoses, intoxicação por metais pesados, insuficiência renal


Manchas amarelas ou unhas amareladas:
Freqüentes em fumantes, também indicam uso crônico de antibióticos, ingestão em excesso de betacaroteno (precursor da vitamina A, encontrado em cenoura, beterraba, mamão...), diabetes, micoses e males do fígado.

Arroxeadas:
Micoses, tumores, uso de remédios coagulantes,
males cardíacos, lupus eritematoso


Esverdeadas ou com inchaços, vermelhidão e dor que se expande ao redor dos dedos:
Infecções bacterianas e micoses



Metade branca, metade avermelhada:
Problemas renais



Faixas negras:
Disfunções hormonais, micoses, tumores na matriz ungueal, câncer de pele (melanoma)



Fracas, secas, quebradiças, com tendência à descamação:
Falta de cálcio, além de zinco e vitaminas A, B e E, nutrientes que constituem a unha. Anemia, hipotireoidismo


Amarelada, espessa e sem crescimento:
Distúrbios pulmonares



Ondulações, que, no caso das mulheres, ficam aparentes mesmo com duas camadas de esmalte:
Geralmente indicam traumas (a espátula de empurrar cutícula é usada com força). E ainda: anemia e doença cardíaca ou pulmonar


Como fazer o auto-exame: Para a médica Marcelle Miranda, especialista em estética do Rio de Janeiro, observar alterações na coloração é o primeiro passo para um autodiagnóstico inicial. Por exemplo, se o leito (a pele que fica logo abaixo da lâmina, que é a parte mais visível da unha) estiver arroxeado, é preciso vigília dobrada. A cor escura demonstra que o sangue não está circulando direito nas mãos e pode indicar possíveis disfunções cardíacas. Além da mudança na cor, é preciso ficar atento à forma e textura das unhas. As temidas micoses (infecções por fungos) se manifestam pelo aumento da espessura da unha, descolamento ou alteração da cor. Quando a causa é orgânica, a infecção surge nas mãos e nos pés. Se não tratadas a tempo, com remédios orais ou tópicos, leva à perda da unha — que demora mais de seis meses para crescer. Quanto às unhas com ondulações, vale um alerta. Segundo artigo de Robert Baran, criador do primeiro centro de diagnóstico e tratamento das doenças das unhas, publicado na revista Scientific American Brasil, as convexas e sem brilho são típicas de portadores de doença cardíaca ou pulmonar crônica. E as unhas côncavas, especialmente em crianças, podem indicar um possível déficit de ferro no organimso.

ESTIMA-SE QUE, POR ANSIEDADE E NERVOSISMO, 1/3 DA POPULAÇÃO TENHA O MAU HÁBITO DE ROER AS UNHAS
(Fonte: Revista Viva Saúde)

É isso meninas, atenção dobrada com as unhas e mantenham a hidratação sempre!
Beijos e ótimo final de semana!

4 comentários:

Wal disse...

Nossa Fá, adorei a matéria, bem explicadinha e detalhada, parabéns!!!

Flávia Paulino disse...

excelente post !!!!

Unhas e Cores disse...

Ótimo post!!!!
A minha mãe que anda com uns probleminhas.. as unhas dela andam tão fracas.. super finas, quebradiças e moles! Amanhã vou com ela ver mais bases fortalecedoras de unhas, mas o problema principal é a alimentação, sempre!
Acho que no caso dela, é a falta de cálcio.

Beijos!
Tha

http://unhascores.blogspot.com/

Evelyn disse...

Post super informativo e explicativo.

Adorei!

=D

Postar um comentário

www.coresdapraia.blogspot.com. Tecnologia do Blogger.
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger